Minhas séries favoritas - Homeland #1



 


Quando me indicaram essa série, eu imaginada que se tratava de uma espécie de documentário terrorista apenas, com muito sangue e violência em cena. Na verdade, sempre tive o mesmo preconceito com outras séries do gênero que são bastante aclamadas pelo público e pela crítica.
Não sei se me sinto triste ou envergonhada pelo fato de só ter começado a assistir Homeland recentemente, há cerca de 1 mês, especificamente. Aliás, vou confessar algo aqui. Eu nunca tive muita paciência para assistir séries. Lembro que há muito tempo atrás a única série que eu conseguir assistir totalmente foi 24 Horas. Então, ano passado coloquei na minha listinha de prioridades assistir algumas. Nesse post vou falar de “Homeland” estou vendo atualmente a 5ª temporada de 6. Em outro post falarei de outras séries que eu assistir anteriormente. 
O elenco dessa série é incrível! Com certeza é o tipo de série que você vê do começo ao fim, independentemente da quantidade de episódios e temporadas.







Na primeira temporada de “Homeland”, o sargento da marinha Nicholas Brody (Damian Lewis), depois de anos mantido prisioneiro pela Al-Qaeda, foi resgatado pelos Estados Unidos. Ele volta para seu país e sua família, recebido com honras de herói. Só que nada é o que parece. Brody foi cooptado pelo chefe terrorista, o maior inimigo de seu país e responsável pelas maiores atrocidades. Tinha feito uma conversão completa, tanto ideológica quanto religiosa. Quem imaginaria uma virada dessas?
Brody no entanto, foi descoberto por Carrie Mathison (Claire Danes), "palmas para essa brilhante atriz", agente de inteligência americana que estrela o programa. Mas, para complicar tudo, ela se apaixona por Brody, um homem casado. A protagonista vive afundada em contradições. Profissional espertíssima, sofre por ser bipolar. Ela usa a medicação indicada para o seu caso, mas é justamente quando não toma os remédios que tem os mais brilhantes insights. Carrie já provou ser capaz de frieza, mas tem a natureza sanguínea. A atriz ganhou vários prêmios importantes com esse papel. Todos eles merecidos. Mais adiante, na terceira temporada, outra grande surpresa!! Que eu não vou estragar contando aqui. Só adianto que é um desfecho radical, corajoso, uma renovação para o elenco e a dramaturgia.
“Homeland” encerra a quinta temporada em Berlim. Carrie está levando uma vida burguesa, já não trabalha no governo, cuida da filha. Até que uma investigação atravessa o seu caminho e ela é tragada de volta para aquele mundo de terroristas islâmicos e defensores dos valores do Ocidente. O dilema do lítio "tomar ou não tomar?" se impõe. Pouco sono, pouco banho, agentes duplos, câmeras de segurança, armas, esconderijos, está tudo lá. “Homeland" ainda prende a atenção e eletriza o espectador.
Super indico essa série! 


E você gosta de séries e filmes? Tem alguma para nos indicar? 
Bjim Freskinho^^



2 comentários

  1. eu AMEI essa serie qd assisti! mas depois da terceira temporada acho que ficou meio ruim, mas as duas primeiras temps sao msm maravilhosas

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Livia, vc já viu todas?? Eu tô procurando um tempinho para isso. Feriadinho tá ai, vou tentar finalizar a 5ª temporada.
      Bjim freskinho^^

      Excluir

Obrigada por passar aqui!!! Bjim Freskinho!!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
©
.
.